O que salvou um pouquinho da liberdade do mundo atual é a falta de coordenação na narrativa global. Esse erro custou caro para os donos do mundo.

Custou a resistência dos homens livres, custou um baita esforço em tentar suprimir estudos médicos de nomes proeminentes, custou muita grana para forjar uma realidade distópica cinematográfica e custou nossa humanidade, quando ignoramos aquilo que nos faz diferentes dos outros seres da Criação e tratamo-nos com indiferença e distanciamos uns dos outros, em nome de algum deus pagão travestido de ciência.

Mas agora, praticamente dois anos depois do primeiro movimento explícito da maior operação False Flag da história da humanidade, eles estão se reagrupando. Eles aprenderam com seus erros e o que os atingiu neste round, não fará cócegas no próximo. A grande mídia comprou a narrativa simultaneamente, mas não foi instantaneamente. Uma mentira para ser considerada verdade deve ter apenas uma versão, surgindo ao mesmo tempo de várias direções. Ao mesmo tempo – esta é a chave da invencibilidade de uma narrativa global.

O plano SPARS

Tudo bem, pode parecer conspiratório demais… como dizer que as máscaras são apenas um símbolo de obediência e inúteis para conter contágio viral (mesmo que a própria deusa Shiva, perdão, a OMS, tenha dito isso em um passado bem recente).

Em outubro de 2017, a universidade americana de Johns Hopkins desenvolveu um exercício de simulação de erupção de um “novo vírus”, chamado “Pandemia SPARS 2025-2028 – Um Cenário Futurista para Comunicadores de Risco de Saúde Pública”.

Esta simulação menciona o surgimento de um “novo vírus” que infectará a humanidade em 2025 e durará até 2028. De acordo com o Banco Mundial, o COVID-19 (SARS-CoV-2) é um “projeto” que está previsto para prosseguir até o final de março de 2025.

Assim que a pandemia do COVID-19 terminar, em 31 de Março, na primavera de 2025 (no hemisfério norte), um novo Coronavírus PLANdemic (Pandemia planejada) terá início no outono do mesmo ano. Nesta simulação, eles escolheram o nome SPARS para o “novo vírus”, com base na cidade onde ele aparecerá pela primeira vez (São Paulo, no Brasil).

É interessante notar que o vírus SPARS será um novo coronavírus, o que significa que o “projeto Covid” nunca vai desaparecer. Vai continuar sendo desenvolvido enquanto nós, o povo, bovinamente permitirmos que continue.

O exercício de simulação do Spars Pandemic 2025 – 2028 também menciona que em 2021 o coronavírus sofrerá mutação para animais no Sudeste Asiático, que precisarão ser sacrificados para interromper a mutação.

Já vimos isso muitas vezes no passado, com várias PLANdemias. Confinar animais em países pobres e sacrificá-los para impedir uma suposta mutação de vírus resulta em pobreza e fome nessas regiões, e só Deus sabe quantas mortes humanas.

Na simulação de 2017, uma vacina chamada COROVAX (e que também é chamada de CORAVAX no papel) é proposta como a solução para deter a pandemia. Estranhamente, uma vacina chamada CORAVAX foi desenvolvida na vida real quase três anos depois por Matthias Schnell, PhD, Diretor do Jefferson Vaccine Center.

Além disso, uma empresa chamada COROVAX LTD foi constituída em 12 de março de 2020, no Reino Unido, pelo professor inglês Angus George Dalgleish, famoso por suas pesquisas sobre HIV. Não sabemos se há alguma conexão aqui, mas é no mínimo interessante, já que há muito se especula que o SARS-CoV-2 foi feito pelo homem e combinado com o HIV para se tornar mais infeccioso.

É claro que é muito plausível (e provável) que o professor Dalgleish decidisse começar a trabalhar em uma vacina para COVID-19 e escolheu o nome COROVAX para sua empresa, porque é isso que ela faz: uma vacina contra o coronavírus. No entanto, a coincidência é impressionante.

O Covid e o HIV

“Muitos na comunidade científica ficaram chocados quando o aclamado cientista francês Luc Antoine Montagnier, Prêmio Nobel de Medicina de 2008 apareceu no programa de TV a cabo francês, CNews, em 17 de abril de 2020 para dizer que o vírus que causa o COVID-19 é feito pelo homem e que elementos do HIV e Plasmodium falciparum, a parasita que causa a malária, são encontrados no genoma do coronavírus”

Montagnier é um virologista francês e co-receptor, com Françoise Barré-Sinoussi e Harald zur Hausen do Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina de 2008 pela descoberta do vírus da imunodeficiência humana (HIV). Ele trabalhou como pesquisador no Instituto Pasteur em Paris e como professor em tempo integral na Shanghai Jiao Tong University na China, que declarou:

“Não fomos os primeiros desde que um grupo de pesquisadores indianos tentou publicar um estudo que mostrava que o genoma completo desse coronavírus tem sequências de outro vírus, que é o HIV”. A pesquisa a que Montagnier se refere foi postada no site de ciências Biorxiv em 31 de janeiro de 2020 e, desde então, foi retirada.

Os pesquisadores escreveram:

“Encontramos 4 inserções na glicoproteína de Spike (S) que são exclusivas do 2019-nCoV e não estão presentes em outros coronavírus. É importante ressaltar que os resíduos de aminoácidos em todas as 4 inserções têm identidade ou semelhança com aqueles no HIV-1 gp120 ou HIV-1 Gag… é improvável que a descoberta de 4 inserções únicas no nCoV 2019, todas com identidade/ semelhança com resíduos de aminoácidos em proteínas estruturais chave do HIV-1 sejam naturais.”

O vídeo também cita uma empresa chamada CODEX DNA, que promete ser a solução para a pandemia do COVID-19. Eles estão vendendo um dispositivo chamado “estação de trabalho de biologia sintética”. O dispositivo é chamado BioXp e é capaz de “construir biologia”, o que me parece muito com clonagem.

E se você ler a descrição, é exatamente o que ela afirma fazer:

“Diga olá ao sistema BioXp™ e diga adeus às semanas de espera pelos genes sintetizados. O sistema BioXp™ é a primeira e única estação de trabalho de biologia sintética do mundo para a construção de bibliotecas, fragmentos de genes, clones e muito mais. ”

Continua…

Isso não termina aqui. Isto está apenas começando. Atingimos um momento de águas divididas e se, apesar de todos os fatos registrados comprovando o plano você ainda usa máscaras e não se posiciona contra a tirania, sua alma tem dono e você tem um preço muito baixo.

“Dê-me liberdade ou dê-me a morte” – Patrick Henry.

Para baixar a simulação pandêmica SPARS original, clique aqui.

  1. Histórico de decisões da OMS https://t.me/naoconsigorespirar/12
  2. COVID-19 Strategic Preparadness and Response Program (SPRP) https://documents1.worldbank.org/curated/en/993371585947965984/pdf/World-COVID-19-Strategic-Preparedness-and-Response-Project.pdf
  3. “SPARS Pandemic 2025-2028”? Vem ai uma “nova pandemia” https://thoth3126.com.br/category/midia-social-tecnologia-inteligencia-artificial-grandes-big-techs/
  4. Cenário pandêmico de SPARS https://www.centerforhealthsecurity.org/our-work/Center-projects/completed-projects/spars-pandemic-scenario.html
  5. Como obrigar a usar máscaras pode tornar-se assassinato https://oinconveniente.com/como-obrigar-a-usar-mascaras-pode-tornar-se-assassinato/
  6. É oficial: coronavírus foi uma grande farsa https://oinconveniente.com/e-oficial-coronavirus-foi-uma-grande-farsa/
  7. Bota na conta do vírus https://oinconveniente.com/bota-na-conta-do-virus/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui